Se energize

Se energize
Cultive esse hábito

O que é TVP?


Terapia de Vidas Passadas (TVP) ou também chamada de Regressão a vidas passadas
 
Fonte: Leia Matsunaga - Formada em Medicina Oriental (Hong Kong)

Regressão

A Doutrina de vidas anteriores existe a cerca de quatro mil anos. Nas escrituras sagradas dos arianos, no hinduísmo, no lamaismo tibetano, no budismo, etc; todos já enfatizavam esse conhecimento. Grandes mestres da humanidade tais como: Pitágoras, Platão, Sócrates e outros, já orientavam seus discípulos por esses caminhos.

Normalmente as personalidades consistem em negativas e positivas. Ambas uma vez resgatadas pela mente objetiva, nos auxiliam a compreender melhor a vida e os relacionamentos familiares, nos impulsionando à novos rumos. As personalidades negativas se caracterizam em forma de irritabilidade, provocando atritos com terceiros, dores de cabeça, reações alérgicas, fobias, pesadelos, medo, etc.
Quando compreendemos esses acontecimentos passamos a nos reconciliar com tudo e com todos. Num entendimento mais consciente abandonando a autopunição, há o desaparecimento das reações psicossomáticas. Harmonizando-nos com os nossos sentimentos até mesmo com o próprio Universo.

Terapias de Vidas Passadas T.V.P.

        A cura da mente e do corpo, através do seu próprio registro Akashico (memória da alma). Consiste em resgatar personalidades, do passado, que por alguma razão, estão afetando o nosso comportamento, na vida presente. Trabalha com o objetivo, de nos equilibrar, psíquica, emocional e espiritualmente aproveitando nossas potencialidades positivas e transmutando as negativas. A técnica de regressão “induzida” um método consciente e espontâneo que vem sendo reconhecida cada vez mais, como um meio de grande valor terapêutico, aos interessados nos assuntos transcedentais. Cada sessão dura por volta uma hora e meia.
A Doutrina de vidas anteriores existe a cerca de quatro mil anos. Nas escrituras sagradas dos arianos, no hinduísmo, no lamaismo tibetano, no budismo etc.; todos já enfatizavam esse conhecimento. Grandes mestres da humanidade tais como: Pitágoras, Platão, Sócrates e outros, já orientavam seus discípulos por esses caminhos.
Normalmente, as personalidades consistem em negativas e positivas.
Ambas uma vez resgatadas pela mente objetiva, nos auxiliam a compreender melhor a vida e os relacionamentos familiares, nos impulsionando para novos rumos.
As personalidades negativas se caracterizam em forma de irritabilidade, provocando atritos com terceiros, dores de cabeça, reações alérgicas, fobias, pesadelos, medo, etc.
Quando compreendemos esses acontecimentos passamos a nos reconciliar com tudo e com todos. Num entendimento mais consciente abandona-se a auto-punição, com isso, ocorre o desaparecimento das reações psicossomáticas, como por exemplo, a alergia, dores, e até para parar de fumar funciona. Harmonizando nossos sentimentos com o Universo.
O Que é Regressão?
01) O que é regressão?
R. É uma técnica para entendermos as dificuldades emocionais que se manifestam do inconsciente para o consciente, nos induzindo para comportamentos estranhos, dos quais muitas vezes não conseguimos nos desvencilhar facilmente no nosso dia a dia.
02) Como funciona?
R. Muitas vezes nos defrontamos com determinados acontecimentos dos quais reagimos imediatamente com ressentimentos ou tristeza, com amor ou rejeição. Quando isso acontece, podemos nos dar conta que pode ser um reflexo de outra vida, contra ou a favor da situação.
03) Por que isso acontece?
R. Porque uma das leis básicas desse Planeta é o de “Causa e Efeito”, muito conhecida como a lei do carma, atração ou repulsão, ação ou reação, etc. Observe que esses reflexos, muitas vezes não são aparentes.
04) Quais são as principais técnicas utilizadas?
R. A da hipnose e a conhecida como espontânea ou induzida.
05) Quais são as diferenças entre uma e outra?
R. Na primeira a pessoa não participa conscientemente e depois ouve o que disse indiretamente (através de uma gravação). Na segunda, a pessoa mantem-se no consciente o tempo todo.
06) Quais são as vantagens e desvantagens de cada uma?
R. Na primeira, como não há participação à nível consciente, não se cria responsabilidade pessoal, ficando tudo por conta do terapeuta responsável pelo tratamento, na segunda, a pessoa é induzida e conduzida  a acionar a regressão, desde o principio através do seu próprio esforço, e com isso sua atitude torna-se positiva, participando do processo da cura.
07) Qual o problema de saúde mais requisitado na regressão?
R. A enxaqueca. Esta é uma doença psicossomática em que através de contrariedades a pessoa se depara com a realidade, que no presente, não está compatível à sua natureza e resiste em não querer resolver o problema pelo caminho sutil da sabedoria interior.
08) Este é um trabalho de resgate das personalidades criadas pelo nosso poder mental em outras vidas?
R. Sim. Tais personalidades devem ser resgatadas e transmutadas, antes que os resultados sejam desastrosos e não se tenha mais possibilidades de recuperação nessa encarnação presente.
09) Como podemos transmutá-las?
R. Através da yoga transcendental e da chama do Raio Violeta, que é a energia transmutadora predominante na atual transição planetária cedida pela graça cósmica em favor dos homens de boa vontade. Com a yoga a pessoa se auto-redime e se auto-liberta, respondendo com amor o que não foi perdoado.
10) Existe algum risco na técnica espontânea?
R. Não. A sensibilidade da alma responde segundo suas necessidades. Basta sermos íntegros nesse processo. Quando fizer terapia da regressão, faça na clareza das melhores das suas intenções.
Histórico
O nome Terapia de Vidas Passadas (Past Life Therapy) foi cunhado pelo Doutor em Psicologia Morris Netherton, em 1967, quando desenvolveu um método próprio de hipnose, que designou como Hipnose Ativa. O fundamento dessa abordagem extrai da hipnose regressiva o seu fundamento: em estado alterado de consciência, o cliente regressaria a um passado além do limiar da vida atual, onde se encontra um reservatório mnemônico cuja instância é o que o pesquisador Hemandra Banerjee denominou de "memória extra-cerebral". Segundo a hipótese da Terapia de Vidas Passadas, ao atingir o núcleo do trauma, seu inconsciente libera o material psíquico retido através do que Freud chamou de "catarse". Com a catarse, a energia psíquica é liberada e o sujeito sentiria um alívio significativo em seus sintomas. Esse alívio psíquico seria a causa das curas físicas e psicológicas registradas pelos terapeutas de regressão. Além de Morris Netherton, são considerados os precursores dessa corrente terapêutica Hans Tendam, Roger Woolger e Edith Fiore. Até hoje, esses autores são considerados referências na área e leitura obrigatória nos cursos de formação.
A terapia pode ser feita pela ajuda da hipnose, mas alguns ensinamentos não necessitam deste método. A hipnose possibilita ao experienciador adentrar em estados mais profundos de consciência ou o transe regressivo propriamente dito, onde desencadeia o fenômeno da retrogocnição ou lembrança de vidas passadas. Outros métodos podem ser usados, como por exemplo, a autopesquisa contínua de alguma dificuldade pessoal. O autopesquisador adentra profundamente dentro de si, pesquisando-se até que em dado momento regride sozinho, lembra de flash ou de situação continua em sonhos PES (percepção extrassensorial). Se lembrando de experiências no passado ou traumas, uma pessoa pode identificar a origem de seu problema e curá-lo. Um dos mais famosos escritores americanos sobre o assunto é Brian L. Weiss, graduado pela Columbia University e Yale Medical School e titular da cadeira de psiquiatria no Mount Sinai Medical Center de Miami, com várias obras traduzidas para o português.
Entre os conhecidos terapeutas dos países de língua inglesa que utilizam e ensinam a Terapia de Vidas Passadas incluem-se Barbara Brennan e Ken Page nos E.U.A. e o Dr. John Plowman noReino Unido. Em quase todos os grandes centros do Brasil encontra-se psicólogos e psiquiatras que aplicam a técnica.
Ensina a Doutrina Espírita que o esquecimento do passado é necessário para que o espírito em sua atual existência não seja sobrecarregado com as lembranças e emoções de outras vidas.
Existe uma passagem do "Livro dos Espíritos", de Allan Kardec, que alguns defendem autorizar o resgate das memórias de encarnações passadas:
“Ao entrar na vida corporal, o Espírito perde, momentaneamente, a lembrança de suas existências anteriores, como se um véu as ocultasse; entretanto, às vezes, tem uma vaga consciência disso e elas podem até mesmo lhe ser reveladas em algumas circunstâncias. Mas é apenas pela vontade dos Espíritos Superiores que o fazem espontaneamente, com um objetivo útil e nunca para satisfazer uma curiosidade vã.“
Vemos nessa passagem do “Livro dos Espíritos” que é possível lembrar de existências anteriores, quando há um motivo útil e quando os espíritos superiores aprovam.
Uma coisa que alguns estudiosos espíritas costumam dizer sobre a TVP é que ela não é uma brincadeira, mas uma técnica séria e que deve, portanto, ser procurada apenas quando necessária. Em outras palavras, não se deve encarar a regressão como uma chance de descobrir uma vida passada ilustre ou por mera curiosidade.
Livros
§  Autores como Brian L. Weiss, Barbara Brennan e Godinho são bem conhecidos;
§  The Search for Bridey Murphy - relata a investigação detalhada sobre uma experiência de lembrança de uma suposta vida passada
§  Cura Profunda (Hans Tendam)
§  As Várias Vidas da Alma (Roger Woolger)
§  Vidas Passadas, Sonhos Presentes (Denise Linn)
§  A Regressão a Vidas Passadas como Método de Cura. (Thorwald Dethlefsen)
§  Guia Prático de Regressão a Vidas Passadas. (Florence Wagner McClain)
§  Nascer, Morrer, Renascer. (Célia Resende)
§  Introdução à Terapia de Vidas Passadas. (José Antônio de Souza)
§  Egos de Vidas Passadas: o domínio das emoções através da Terapia de Vidas Passadas.
(Helga Krelling & Ariane Krelling).

Nenhum comentário:

Leitura de Cérebro

Leitura de Cérebro
Resultados incríveis

Mônica H Louvison

Minha foto

Bióloga, Acupunturista e Massagista, há 14 anos e mestre em Reiki.